Como parar de fumar! ESTEJA CONSCIENTE DA GRANDE TRAPAÇA! Tenha mais dinheiro no bolso durante a crise: Pare de fumar entendendo como tudo funciona.

25 06 2009

compostos-cigarroEu sei, você está duvidando de mim. Mas leia este artigo até o final e esteja a par de algumas surpreendentes descobertas que dão origem ao título.

Este texto longo é uma mistura de ensinamentos de documentários sobre a consciência e a natureza humana, auto-ajuda e principalmente do Livro “O Método Fácil de Parar de Fumar” de Allen Carr, o qual recomendo a leitura.

A grande verdade é que todos nós estamos sendo enganados desde o início.

Você realmente acredita que a TV, os governos, as empresas e as igrejas estão unicamente interessados no bem-estar geral dos seres humanos? Muitos enganam-se achando que sim, não querem enxergar, pois a verdade é muito dolorosa. As instituições que deveriam zelar por nossos interesses apenas buscam uma coisa: DINHEIRO! A coisa que mais importa no mundo capitalista depois dos bons sentimentos de algumas pessoas é o dinheiro. Mas no caso do cigarro obviamente não há bons sentimentos entre a indústria e seus consumidores. Primeiro o dinheiro e depois o bem-estar coletivo.  O cigarro é o tipo de coisa que só existe porque dá muito lucro, as pessoas o consomem em grandes quantidades até o fim degradante de suas vidas e geram enormes fluxos de caixa para diversas instituições, sem no entanto receber qualquer benefício em troca.

As grandes corporações (sem citar nomes) também estão nesse jogo. O objetivo é trazer o maior número de pessoas para a armadilha, fazê-las consumir cada vez mais e certificar-se de que elas jamais conseguirão abandonar o “hábito”. Para alcançar seus objetivos (o lucro crescente) elas se utilizam de um planejamento criterioso, além de várias e complexas ferramentas de manipulação, utilizam-se do vasto conhecimento que a humanidade adquiriu sobre si mesma por milênios, da ciência, sobre as fraquezas humanas e sabem exatamente onde explorar e mexer nas peças do tabuleiro. Até o tamanho dos cigarros e seus aditivos são criteriosamente estudados para aumentar o vício. Como a mídia e o governo também estão juntos nessa, todos ganham e o esquema torna-se inquebrável. Afinal BILHÕES de Dólares ou de qualquer moeda estão em jogo e dinheiro constrói fortalezas e compra quase tudo! Acho que compra até a mentalidade do fumante que acredita que realmente está obtendo prazer, pois como um ser humano inteligente ele precisa acreditar em algo que justifique seu consumo de cigarros, do contrário se sentiria um idiota.

Se você fuma saiba que você é apenas mais um entre os milhões de enganados!

Nós costumamos achar que somos fortes, independentes e que realmente temos escolhas. Mas a verdade é que somos um produto da sociedade em que vivemos, desde as gírias que falamos até nossa fé, todos os fatores de nossa personalidade foram criados por agentes externos. A estes agentes externos soma-se a TV, ela chega a ser a principal formadora de opinião para algumas pessoas nos dias de hoje. E mesmo que ela faça uma suposta propaganda anti-tabagismo a TV ainda continua aliciando milhões de jovens a se viciarem, ela é bastante eficaz nesta tarefa ao mostrar ingenuamente uma rápida cena de filme em que o ator bonitão e a atriz elegante fumam, a associação cognitiva é inevitável. Por sorte as entidades anti-tabaco vem lutando para tirar do ar o máximo possível de imagens, filmes e novelas que mostram pessoas fumando para não induzirmos nossas crianças neste erro.

Cada fumante gasta em média R$ 60.000,00 durante a vida, 2/3 vai para o governo. A armadilha foi muito bem planejada, tão bem calculada e arquitetada que eles fazem este cálculo bruto na certeza absoluta de que poucos serão os fumantes que se libertarão antes de contribuirem com esta cifra.

Assim que o país entrou em crise trataram de aumentar os preços do cigarro.

cigarro-04-pulmoesMuitas pessoas acreditam ingenuamente que o Brasil gasta muito com os problemas de saúde causados pelo cigarro, isso é mais uma ilusão. Quem vai aos hospitais do SUS verifica rapidamente que o serviço é subdimensionado, no INCA a fila de espera se estende por anos, as pessoas morrem em casa de câncer de pulmão antes de terem qualquer chance de atendimento. E mesmo que algum brasileiro seja atendido e receba seu tratamento pelo SUS, os cofres públicos não chegam a gastar com o sujeito 1/10 do que ele contribuiu com a compra de cigarros durante a vida.

Muitos programas anti-tabagismo não existem, fazem propaganda na TV, colocam cartazes, números de telefone para ligar, mas basta verificar nos locais indicados para descobrir que os tais programas não existem, alguns têm no máximo uma gravação dizendo de tantas, como e quantas formas o cigarro mata fazendo sofrer terrivelmente, como se já não soubéssemos, e como parar gradativamente, simples como reduzir o açúcar do café. Alguns lugares têm programas anti-tabagismo que funcionam, arcaicos, à base de antidepressivos e reposição de nicotina, poucos se aventaram a trabalhar o psicológico e mostrar a mazela de todos os ângulos pra você entender e cair fora dela.

A verdade é trágica demais, muito dolorosa. É aí que verificamos que a humanidade é um organismo em guerra consigo mesmo, seres humanos explorando seres humanos, viciando seus próprios irmãos em busca de dinheiro e poder. Ou vivemos em um mundo perfeitamente engendrado? Seria este caos necessário para o aprendizado da ordem?

O cigarro é a armadilha perfeita, a única que não tem um chamariz, tem um gosto extremamente ruim mas é altamente viciante, não traz absolutamente nenhum benefício ao fumante, é o imposto compulsório perfeito, mais lucrativo que a CPMF e até mesmo que a grande maioria dos setores da indústria.

Quer saber mais? O fumante representa lucro em dobro para o governo, pois uma minoria dos fumantes chegará a obter os benefícios da aposentadoria, estes poucos que conseguirão provavelmente acabarão por gastar a aposentadoria em planos de saúde e remédios, cujos valores voltam em grande parte para os cofres do governo. “Fumantes não são longevos”, é fato.

VIVEMOS NA ERA DE UM NOVO HOLOCAUSTO E POUCA GENTE SE DÁ CONTA DISSO!
Não existem tanques nem bombardeios, ganha-se bilhões apenas ensinando cada pessoa a se matar!

Por sorte há muita gente abandonando esse navio que está afundando, e cresce o número de ex-fumantes, pois todo ex-fumante se sente muito melhor do que quando fumava, ainda que esteja fissurado psicologicamente pelo cigarro, as mudanças no semblante são visíveis, a pessoa adquire uma cor melhor, fica mais bem disposta e mais cheirosa. Estas contatações fazem o número de ex-fumantes aumentar. É o contraponto que ajuda a amenizar a tragédia.

Está na hora de ACORDAR!

Em minha luta contra a tabagismo aprendi muito e tentei parar pelo menos umas 15 vezes. Por sorte a cada vez que parava a próxima tornava-se mais fácil e a verdade estava quase mordendo o meu nariz quando me dei conta dela. O problema é que as pessoas em geral não entendem o verdadeiro significado de um vício. Porque se elas entendessem se libertariam.
Por isso fiz alguns gráficos que explicam como um vício funciona e porque abandoná-lo não é difícil, a dificuldade é apenas uma questão psicológica e não física. A dificuldade faz parte da armadilha, do contrário como as grandes corporações e o governo conseguiriam manter as pessoas fumando?

A nicotina é uma substância alteradora do humor e do bem-estar, entre os psicotrópicos é considerada um estimulante, a mesma classe da cocaína, heroína e anfetaminas, mas essa classificação pode mudar com o tempo e com a melhor compreensão de seu modo de ação. O uso frequente de nicotina cria extremos de humor que antes não existiam. O cigarro não acalma, ele apenas cria essa ilusão pois a abstinência de nicotina cria um estresse, após a inalação da nicotina o estresse desaparece dando uma falsa sensação de prazer. Esse é o mecanismo de todas as drogas. Não tenha dúvida: os fumantes são as criaturas mais estressadas sobre a face da terra, principalmente quando privadas das baforadas. Cigarro não é medicinal, ele destrói o sistema nervoso gradativamente e quanto mais viciada a pessoa fica mais ela é levada a acreditar que o cigarro realmente está fazendo o contrário: acalmando, pois o que ela sente é o término de um sofrimento, o sofrimento causado pela abstinência. É como ficar batendo a cabeça contra a parede para ter o prazer de parar de bater.

Certa vez li sobre “Hormesis”, é basicamente a palavra que se dá às reações biológicas protetivas e curativas em resposta a pequenas agressões bio-fisico-químicas. Tem relação com “resiliência” e faz sentido em pensar que certas dores podem moldar seres humanos bons e fortes. Alguns antioxidantes funcionam assim, a substância gera uma pequena agressão bioquímica e o corpo responde com uma enxurrada de antioxidantes naturais como a glutationa e hormônios curativos, e isso costuma ser bom para o organismo quando empregado nas doses certas. Mas como toda questão na vida tem seus lados bons e ruins, objetiva e subjetivamente, a “hormese” também deve ter seu lado negro, e tenho pra mim que a Nicotina, como o poderoso veneno que comprovadamente é, possa agir neste mecanismo do ser humano, pejorativa e destrutivamente, desregulando-o. Apenas 1 mg ou menos é obtido pelo fumante de cada cigarro, é uma quantidade muito pequena, uma poeirinha que sequer daria pra enxergar a olho nu, mas seria o suficiente para ativar algum mecanismo de liberação de certos neurotransmissores em contra-resposta a ingestão da pequena quantidade do veneno (nicotina). Esse mecanismo da nicotina é pouco conhecido pela ciência até o momento, sabe-se que envolve acetilcolina, dopamina e inibição da monoaminoxidose – IMAO (sim, além de nicotina o tabaco também têm inibidores da MAO que contribuem para o vício), mas vamos concordar que é um fato intrínseco à relação: nicotina <-> ser humano que o tabaco vem intoxicando há milênios e criando falsa sensação de prazer. A reação da “Hormese” neste caso específico, diferente dos antioxidantes, faz o próprio corpo despejar na corrente sanguínea e inibir a recaptação de uma classe diferente de químicos daqueles, estes têm o poder de produzir uma sensação subjetiva de prazer, pelo menos o subconsciente coletivo absorveu assim, apesar de todos nós lembrarmos que os primeiros cigarros nos deixaram tontos, enjoados e com a nítida sensação de intoxicação.

GRÁFICO: Bem-Estar, Nível de Nicotina e Dependência Química na vida de um fumante. Clique no gráfico para ampliar.

Cigarro

A interpretação é simples. São os níveis ao longo do tempo. A cada cigarro que fumamos nos sentimos melhores que no momento anterior, mas com a queda do nível de nicotina, nós estaremos com menos bem-estar do que quando éramos não-fumantes. Com o tempo, mesmo quando o nível de Nicotina estiver no ápice ainda estaremos nos sentindo piores do que quando éramos não-fumantes e a ilusão de prazer será ainda maior. Esse mecanismo natural dos vícios nos faz querer a substância, pois apenas identificamos o prazer imediato, aquele momento posterior ao acender o cigarro e não a sensação de mau-estar causada a longo prazo por ele mesmo. O prazer é apenas uma ilusão, é o fim do mau-estar crônico causado pela Nicotina, com o tempo sente-se cada vez pior e a ilusão de que o cigarro está justamente fazendo o contrário também é maior.

A natureza de qualquer vício é aumentar e nunca diminuir, com o tempo a dependência ficará cada vez mais forte e a ilusão também. O cérebro precisará mais da droga para manter-se a níveis adequados de bem-estar. Iludem-se aqueles que acham que estão controlando os cigarros, ou aumenta-se a ilusão de prazer com a redução do consumo ou o fumante entra em crise e fuma desbragadamente. O processo é muito mais inconsciente que consciente, afinal se as pessoas estivessem conscientes elas não fumariam. Em qualquer momento da vida, em qualquer situação, a soma de prós e contras do tabagismo revela a mensagem: “Você é um idiota, PARE DE FUMAR!” No entanto as pessoas não conseguem, algumas acham que precisam do cigarro, outras que ele realmente dá prazer. É muito importante lutar contra estas mentiras e ilusões.

A armadilha do cigarro é tal como um Xeque-mate! Mas neste caso a população está cercada, um golpe deferido do ser humano para o próprio ser humano. A Nicotina na natureza tem um propósito! Ela é um excelente inseticida e provavelmente existem outros compostos úteis à base dela ainda desconhecidos. Mas o homem insiste em utilizá-la contra si mesmo e para o enriquecimento de uma minoria, cortando e sabotando quaisquer tentativas de sanar o problema.

Com o passar dos anos as sensações de prazer quando se fuma e a de mau-estar quando não se fuma vão ficando cada vez mais acentuadas e com isso vai aumentando o nível de dependência química.

O tabagismo começa com apenas um cigarro! Um único cigarro é suficiente para viciar e escravizar o coitado do fumante para o resto da vida, perdem ele, sua família e seus amigos, mas ganham as indústrias, os magnatas e o governo. Não à toa que a indústria do tabaco tenha tantos privilégios, ela é a menina dos olhos de ouro, uma fábrica de dinheiro que sequer precisa de propaganda! Que coisa mais engenhosa!

A boa notícia disso é que parar de fumar é fácil.
Eu mesmo pude comprovar esta verdade.
O ÚNICO motivo que leva as pessoas a fumarem é o fato de estarem viciadas. Não existem apoio e prazer legítimos no cigarro. O cigarro não relaxa, apenas reverte os efeitos que ele mesmo criou 30 minutos antes, é um ciclo, o ciclo do VÍCIO!

Para parar de fumar você deve se conscientizar que você só fuma porque é viciado. Admita que é viciado na droga mais viciante que existe sobre a face da terra. Esteja consciente que as sensações de prazer e relaxamento fazem parte do ciclo do vício, não são sinceros, são induzidos quimicamente!
Faça um voto solene, em voz alta, que nunca mais fumará. Mas não fique se remoendo, nem se proíba de fumar, se você quiser fume, mas você realmente quer fumar? Sinta-se livre! Quando entender e quebrar o ciclo do vício você estará livre!
Parar de fumar é como se jogar na água fria de uma cachoeira, no início dói, mas quando você percebe a água está uma delícia e você sai revigorado da experiência.
Por isso, jogue-se de cabeça! Você verá que parar de fumar é fácil.

Por alguns dias você poderá ter estranhas sensações de vazio e insegurança, nada demais. Basta identificar a sensação e saber que se trata da abstinência, sensação que foi causada pelos cigarros que você fumou durante anos. A desintoxicação é um processo muito bom e saudável. Perdoe a si mesmo por ter fumado. Se quiser chore. Qualquer sensação ruim que você tiver simplesmente ACEITE-A, pois não adianta negar enquanto ela de fato estiver lá. Ao aceitá-la fica mais fácil lidar. Mas esteja sempre atento, não deixe essas sensações serem você, ou se exteriorizarem de outras formas, elas não são você, são parte de uma dependência química planejada, o que obviamente não é o você natural. A sensação da abstinência é até gostosa em muitos momentos quando se sente mais energia, paladar, olfato, disposição, até o ato de respirar torna-se mais prazeroso. Desde o primeiro dia de abstinência você pode se sentir razoavelmente bem. Se houver qualquer mínima sensação ruim FOCALIZE-A e ACEITE-A e entenda porque ela está lá, você mesmo a causou e agora está curando-a, é bem simples. O problema é a associação com ‘querer fumar’, o que faz parte da armadilha. O nível baixo de nicotina no sangue deflagra a associação de idéias e você lembra “Quero fumar”. Lembre-se VOCÊ NÃO QUER FUMAR, apenas o VÍCIO QUER FUMAR porque tem a natureza de se repetir, você quer ser livre, quer respirar, viver melhor, ter mais concentração, a pele mais bonita, os dentes brancos, não cheirar mal, melhorar o sexo, não se envergonhar por fumar, etc.. Você quer a vida!!! Ao passo que todo vício é naturalmente feito pra ser rompido, é a natureza da evolução, é o processo de “Hormese” transmutado e agindo numa esfera maior e muito mais benéfica.
Quando você entender tudo que eu disse e aceitar que é verdade você estará livre para aproveitar a vida sem cigarros!

Esse texto é baseado no livro “O Método Fácil de Parar de Fumar” do Inglês Allen Carr.

Atualmente sou um não-fumante. Me libertei da armadilha sem sentir síndrome de abstinência alguma, pelo contrário, cada momento tem sido muito prazeroso. Não tenho dúvidas de que me libertar do vício do cigarro foi a melhor decisão que tomei na vida. Tudo melhorou, até o humor e a concentração! Mas não costumo me vangloriar e dizer que é para sempre, afinal a armadilha está ali na esquina, às vezes do meu lado, nas ruas, junto com meus amigos. Volta e meia sem querer inalo a nicotina de alguém que passou fumando ao lado, não faz mal, sei que o corpo humano é uma máquina incrível e conseguirá se limpar em poucas horas. Não sinto vontade, mas quem disse que é preciso ter vontade para fumar? Eu fumei 2 maços por dia durante 10 anos sem absolutamente nenhuma vontade, mas sim compulsivamente, sequer lembrava de tê-lo acendido, apenas me encontrava com o cigarro na mão. Esse é o verdadeiro significado de um vício, ele o faz creer que realmente goste e deseje, que realmente opte por fumar, mas isso não é verdade, é uma interação entre dependência química e reações bio-químico-psicológicas subjetivas… O sujeito fuma porque QUIMICAMENTE É INDUZIDO A FUMAR, não porque quer. Sem cigarro o sujeito fica infeliz, esta é toda uma encenação que faz parte da armadilha e as pessoas a vêm repetindo há séculos! Quando você quebrar essa corrente do mal você ficará feliz em se libertar do cigarro.

O cigarro é uma das maiores tragédias da humanidade, o novo holocausto que acontece frente a nossos olhos. No futuro os livros lembrarão com tristeza esse lamentável fato. Fato esse criado por seres humanos ávidos por poder e dinheiro.

Não resta dúvidas de que o ser humano é realmente muito complicado.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: